domingo, 1 de junho de 2014



 É uma inocência da paixão confundir-se com amor, do mesmo modo que afirmar-se ser amor e paixão a mesma coisa é uma ilusão cultural.
É verdade que ambas pertencem à natureza do ser humano, mas, paixão é carne, e o amor é alma.
Ainda que não exista alma sem corpo, nem carne sem personalidade, aquilo que todos procuram é uma alma personalizada…


Sem comentários:

Enviar um comentário

Vá... comenta, não te inibas.