quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Eu sabia que estava no caminho certo...

Vou viver até aos 100 anos
alguém duvida??

Então leiam isto

13 comentários:

  1. É normal que com 109 anos, a pessoa evite tau-tau!!
    Mas conta-me, também comes " papas de aveia quentes todas as manhãs ao pequeno-almoço"??
    Com, ou sem placa?? :P :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó louco... a mulher NUNCA levou tau tau... não foi só depois de velha!!
      Nunca comeste papas de aveia? Não sabes o que perdes...
      Com a minha placa original, sim :P

      Eliminar
    2. Não gosto de papa de nenhum tipo. Nem em puto comia... :P

      Eliminar
    3. Preferes algo que se mastigue... tou vendo... :P

      Eliminar
    4. Gosto muito, de mordiscar qualquer coisa... :P

      Eliminar
  2. Ahahahahahah :D
    Uma vez vi uma reportagem de uma francesa que viveu muito para além dos 100, o segredo dela era um copinho de vinho do Porto todos os dias... o que eu prefiro, de longe :P
    Ah! E deixou de fumar aos 100!!!! Abençoada vida :))))

    ResponderEliminar
  3. Ainda há pouco li isso...

    Para que queres viver até aos cento e tal, se não tiveres coiso? :)

    ResponderEliminar
  4. Princesa do Algarve Lírio Maria (como diz a TIL!!)....
    Agora não dá mais tempo...
    Teus dois posts anteriores são a prova cabal que já perdeste o "timing"...
    Ela NUNCA se envolveu com ninguém, nem um segundo do passado dela foi perdido ...... Agora só te resta a delícia e as agruras de novas paixões....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os dois post's anteriores só mostram que estou no caminho certo para viver até aos 100... não deram certo :)

      Eliminar
  5. Lembrei-me de uma boa música que estava ouvindo há pouco:
    Faltando um Pedaço (de Djavan)

    "O amor é um grande laço, um passo pr'uma armadilha
    Um lobo correndo em círculos pra alimentar a matilha
    Comparo sua chegada com a fuga de uma ilha:
    Tanto engorda quanto mata feito desgosto de filha

    O amor é como um raio galopando em desafio
    Abre fendas cobre vales, revolta as águas dos rios
    Quem tentar seguir seu rastro se perderá no caminho
    Na pureza de um limão ou na solidão do espinho

    O amor e a agonia cerraram fogo no espaço
    Brigando horas a fio, o cio vence o cansaço
    E o coração de quem ama fica faltando um pedaço
    Que nem a lua minguando, que nem o meu nos seus braços"

    ResponderEliminar

Vá... comenta, não te inibas.