quarta-feira, 30 de abril de 2014



Qualquer dia eu volto...
Para deixar escrito o que tantas vezes é sentido e não pronunciado...
Para colocar em palavras o que tantas vezes os gestos são incapazes de descrever...
Para falar das cores, do sol, da chuva, das estações do ano, do que gosto, do que não suporto, do que me aborrece, do que me entusiasma, do que me faz chorar e rir ás gargalhadas, do que  comove e enternece...
Para falar de tudo e de nada...
Qualquer dia eu volto...
Mas não já...


5 comentários:

  1. Eu espero, aqui e ali. Eu espero. Quero-te bem. Se precisares e quando te apetecer para rir,para chorares, sabes onde e como me encontrar.

    Jinhooooooossss minha Flor. Até já!

    ResponderEliminar
  2. Quando voltares diz qualquer coisa, bom dia Lily!

    ResponderEliminar
  3. Vai escrevendo e desabafando o que te vai na alma...assim ficavas mais livre!

    ResponderEliminar
  4. Isto não se faz...agora que um gajo te descobriu é que vais embora? Prometo que estarei sempre aqui, à tua espera!
    Beijinho

    ResponderEliminar

Vá... comenta, não te inibas.