segunda-feira, 30 de setembro de 2013


Sou mais dada a silêncios…
O chacoalhar constante de certas frases nos meus ouvidos deixa-me perto da demência.
Gosto do que não se precisa dizer, do óbvio, de frases curtas, de pessoas constantes.
Não gosto que me tentem manipular com frases feitas, clichês ultrapassados, ou ameaças vãs.
Gosto de pessoas que falam com sorrisos, olhares intensos, e gestos mudos.
Não gosto da falsidade que se esconde por trás de grandes discursos previamente estudados.
Gosto do improviso, das palavras oportunas, do aconchego de uma tertúlia.
Não gosto de gritos e gestos agressivos.
Gosto de letras soletradas em tardes calmas.
Não gosto que invadam o meu espaço com conversas arrogantes e citações descabidas.
Gosto da simplicidade das gentes da aldeia, da sabedoria dos mais velhos, gosto de tudo aquilo que não se aprende nos livros.
Não gosto de pessoas mornas, aquelas que nem sequer têm capacidade de me fazer odiá-las ou amá-las.
Gosto de gente com atitude, que arrisca, mesmo fazendo asneiras demonstram que têm coragem.
Gosto de serões à lareira, chocolate quente, e manta polar.
Não gosto de bares apinhados, de flirts supérfluos, e madrugadas na rua.
Não gosto de pessoas que falam demais.
Irritam-me!...


12 comentários:

  1. "Gosto de gente com atitude, que arrisca, mesmo fazendo asneiras demonstram que têm coragem." - faz o que eu digo...

    :p

    Boa semana,
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entendi-te Gaijo... nem sempre é fácil né?

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Gosto da tua franqueza, gosto da simplicidade das tuas palavras, que sendo simples dizem tudo. Mas o que gosto mais que tudo é saber, sentir, que não preciso de ver o teu rosto para te conhecer. O que mais me emociona é saber que no teu silêncio aprendi a ler o que não dizes.

    jinhosssss minha Flôr:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou assim tão transparente Suri? Não sei se fico assustada... :P

      Beijinhos

      Eliminar
  3. "Não gosto de pessoas que falam demais.

    Irritam-me!..."

    subscrevo

    ResponderEliminar
  4. eu poderia...se tivesse a tua sensibilidade... ter escrito isto...hoje mesmo!!!
    Andaste por um acaso dentro da minha cabeça foi???
    Beijo enorme minha flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andei, mas tu não me deste trela... varreste-me para fora...
      Beijos querida

      Eliminar
  5. Identifico-me com bastantes coisas :)
    Beijinho

    ResponderEliminar

Vá... comenta, não te inibas.