terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Se querem saber como alguém é verdadeiramente:



- Experimentem dar-lhe o mínimo de autoridade junto de um grupo de pessoas.

- Experimentem dar-lhe um lugar de destaque.

- Experimentem dar-lhe um título que lhe dê visibilidade, por muito pouca que seja.



Eu já sabia que existia muita gente ávida, sedenta de se armarem em importantes.
Mas a arrogância que se impôs rapidamente e a forma com que passaram a dar ordens por acharem que agora sim, são superiores a toda a gente, não me surpreendeu.
Aliás, eu sabia, de antemão que na primeira oportunidade, ela ia calcar as "amigas".
Indirectamente isso era assumido.
Bastava ler nas entrelinhas.
Eu vou rindo, de "camarote".
Estalou o verniz.
E, quando não é connosco mas com quem foi das nossas maiores críticas, tem sempre alguma ironia.
Vai me saber tão bem observar de tudo, de fora, sem dramas, sem preocupações.

11 comentários:

  1. Subscrevo-te inteiramente!!!! Gentinha... enfim...

    ResponderEliminar
  2. "Se queres conhecer um vilão, coloca-lhe uma batuta na mão"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aiai marroquina eu não posso dar todas as aprendizagens porque dps ficava desarmado. :)

      Eliminar
    2. Isso não! Homem desarmado é que não.

      Eliminar
  3. Muitos ditados cobrem essa situação:
    a) É só dar corda que ele (ou ela) por si só se enforca;
    b) Quem nunca comeu mel, quando come se lambuza;
    c) Quanto mais alto o coqueiro, maior o tombo do côco....(ou do cocô...!!!).
    Sei que é pecado, mas que é gostoso ver se fudendo geral, quem nos fudeu... ahhhh é muito gostoso...
    Bisous bien d´ici jolie-fille!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou então este: Quando mais alto se sobe, maior é a queda!

      Eliminar
  4. Há mesmo muita gentinha por aí... Pessoas tóxicas!
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Vá... comenta, não te inibas.