quarta-feira, 26 de dezembro de 2018



Por vezes o silêncio da noite traz coisas... 
Sabem o que são coisas? 
É aquele escuro, dentro do sabor que não tem sono. 
É a insónia castradora de sonhos. 
Onde se escutam barulhos indecifráveis... 
Onde voam palavras sempre que os pensamentos contam estrelas, que se escondem num vazio estranho. 
O ser humano é estranho. 
A noite também!...

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Desabafos...

Gosto de acreditar que nada acontece por acaso e não me lembro de alguma vez ter duvidado disso. 
Até hoje. 
Lembrei-me dos últimos meses e não consigo compreender o porquê de ele ter aparecido. 
De me ter feito escrever tanto e nunca passar disso mesmo - palavras. 
Não sei o que o destino me quis mostrar, não sei o que me quis ensinar, só consigo achar que este fado está de mal comigo. Cruel. 
A esfregar-me na cara apenas possibilidades. 
"Olha, já viste como seria giro? Pois mas não é para ti". 
Não o entendo...ao destino. E já desisti de o tentar fazer. 
Mas não foi justo, não foi mesmo, pois eu nunca pedi para o trazer para tão próximo de mim. 
E aqui continuo a aceitar as janelas que ele me abre e as portas que me fecha ao seu bom ritmo. A essas, às vezes até dou uma certa ajuda.
Depois apareceste tu. D de dúvida, D de desafio. 
Mas que pelo menos foi claro que servirias para me mudar o foco. 
Foi estranho, muito estranho mas estava a ter muita piada. 
Desta vez não há destino que eu culpe, soube logo à primeira gargalhada que nos estávamos a cruzar em momentos errados da vida. 
Mas enquanto durou, ou enquanto durar, para alguma coisa terá de servir. Disseste-me que nunca falo de mim, e quando eu quis fazê-lo não consegui.  Está cravado tanto na pele como na alma este silêncio e nunca foi por ter algo a esconder ou a esquecer. Só não acredito que serás a minha sorte e isso bloqueia-me. 
Perdia-a algures no passado e já só consigo ter sucesso no que depende só de mim. Tenho saudades. Da sorte, não de ti. 
E de algo que teima em não existir - contigo ou sem ti.
Disseram-se ontem que para uma pessoa especial é preciso uma especial e meia. 
Não acredito que mereça tanto. 
Já só queria ser realmente especial.