segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Dizem que...



Uma das melhores sensações do mundo, é quando percebes que és perfeitamente feliz, sem aquilo que achavas que precisavas...

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Descobri que...


Tenho a anatomia trocada




O coração perto da boca, e os olhos junto ao coração. 

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Ser madrinha é...


Ser madrinha para mim é amar incondicionalmente um ser gerado dentro do meu coração...
É receber a confiança de uma mãe para cuidar do seu filho como se fosse meu próprio filho... 
É ser especial demais para receber esse presente, e saber retribuí-lo, pois os afilhados crescem as madrinhas envelhecem, mas o amor permanece.... 
Ser madrinha é estar sempre presente...
É ser uma segunda mãe.. 
É ter alguém para cuidar e proteger de tudo... 
Ser madrinha é estar presente na vida da minha afilhada, é marca-la e ter a certeza que mais tarde irá olhar para trás e dizer "a minha madrinha esteve presente em todos os momentos importantes da minha vida" . 
Ela veio para alegrar os meus dias, dar mais sentido à minha vida, mostrar-me o sentido de amor incondicional e ensinar- me todos dias a ser adolescente novamente.. 
De todas as coisas que já me aconteceram na vida, nada me encheu mais de orgulho do que ser madrinha desta linda menina que todos dias me completa mais e mais...

O Verão está a chegar ao fim...




Hoje
me escrevi
Ler?
não tive coragem
Não me li ...

Doía-me
existir nas palavras
Decidi:
Deitei-me sobre elas
...e a[dor]meci.
.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Coisas que leio por aí e que fazem sentido...




"Muitas pessoas confundem sexo com intimidade.
Há casais que vivem ‘juntos’ durante décadas, ‘dividem’ a mesma cama, fazem sexo diariamente e não são íntimos.
No entanto, há pessoas que se encontram por alguns minutos, trocam um olhar e, sem mesmo se ‘despirem’ ou ‘tocarem’, criam uma relação de intimidade.
Viver junto, não é morar na mesma casa. 
Dividir não é partir ao meio. 
Despir-se não é tirar a roupa.
Tocar-se não é encostar um corpo no outro. 
Quando somos íntimos, mesmo com roupas, estamos despidos, mesmo à distância, estamos unidos."



segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Epahh há coisas do caraças...



Estava aqui a pensar que detesto triângulos... e esta merda deste sexto sentido não me larga.

(eu sei... não entendem nada... mas neste momento nem eu entendo...)


sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Dias nublados....



Às vezes perco o mapa do meu olhar e dou por mim a contemplar o vazio, lá fora a chuva fustiga, alaga as ruas e transborda os rios. 
Sem gps esta janela parece um labirinto e longe de tudo é como me sinto. Desviei-me de caminhos cansados. 
E de pessoas em que tropecei mas não conheci, aos poucos perco o rasto do vento, mas ainda sinto relâmpagos cá dentro. 
Um dia a tempestade vai passar, o sol vai entrar e mergulhar no meu olhar.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Noooosssaaaaaaaaaaa!!!!!!



Mulheres são como a polícia: 
Elas podem ter todas as evidências do mundo, mas elas vão sempre esperar pela confissão.


 Nega Karen

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Conversas da treta




 -Então e se o encontrasses, o que lhe dizias?
- Não sei. Mas não interessa, ele tem é que me ver.
(expressão de dúvida)
- Sim... eu não sou feia, não sou nenhuma badocha, sou magra e tenho um rabo espetacular e ainda me visto bem....
- Sim I. continua a gabar-te ah?!
- Mas é verdade. Se ele me vir, achas mesmo que vai desperdiçar alguém assim tão na dele?
- E achas mesmo que ele ainda pensa que estás na dele, depois do que lhe disseste?
- Pois, de facto não. Mas estive mesmo bem não estive?


Se ela deixasse eu ainda teria acrescentado que para além disso ainda venho com alguns extras. Mas fica para a próxima... :)

Coisas que eu gostava de ter escrito...



"Uma coisa é estar rodeado de tretas. 

Outra completamente diferente é que nos fod@m o juízo. 
A primeira é irritante, mas a segunda é violenta e invasiva 
(excepto quando consentida)."



Colin McGinn

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Não sei quem escreveu...



"As pessoas são como as musicas.
Algumas dizem a verdade e outras só fazem barulho."

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

A Vida não é fácil...



Não é não!

Se a vida fosse fácil, não se chamava só vida, chamar-se-ia:
Mulher da vida.

Hoje estou assim, dividida, entre as interrogações de Alberto Caeiro e as Putas da Avenida de Assis Pacheco.

Ninguém entende nada “né”?

Não liguem, o calor baralha-me os tecos...

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Na voz de quem sabe escrever...




Sou fórmula inacabada, inquieta, inconstante entre “verdades”
que me agitam, penso mais do que vivo, sinto mais do que devo, mas continuo forte, intensa, apesar de sozinha, sou uma eterna apaixonada a lidar com o desequilíbrio emocional.
Vivo no meu mundo louco e intenso, uns acompanham-me,
outros desistiram pelo caminho.
Tenho saudades de pessoas, momentos, de alguns sentimentos
que gostava de voltar a ter, sem fazer sofrer.
Fria sou, às vezes, e dói muitas vezes ter que ser fria, quando
a vontade é de aquecer. Há dias que não quero nada, mas
preciso de tudo... Principalmente de sorrir por dentro.
Gostava que o amor não fosse sempre um recomeço, que
ele chegasse com palavras inteiras, sem rodeios e sem mentiras,
para falar a verdade... Sem FIM.
A mulher simples, do meu avesso gosta de amar. 
Mas àsvezes sofre, nas mãos de quem não sabe dar.


Carla Tavares

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

terça-feira, 11 de agosto de 2015

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Facto



Se Camões visse o que algumas pessoas fazem à nossa língua, provavelmente furava o outro olho ...

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Pensando que...



Cada sonho que deixas para trás , é um pedaço do teu futuro que deixa de existir ...

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Mais uma Primavera, que no meu caso é mais um Verão...



Ainda nem bem nasceu o dia e já várias pessoas dispuseram um pouco do seu tempo para me desejarem um dia feliz. 
Que tenham em dobro tudo o que me desejarem!

Aproveito assim para fazer três agradecimentos muito especiais:

1º Aos meus pais, que num dia de inspiração deram-me livre-trânsito para esta vida, pelos ensinamentos, que fizeram de mim este ser singular, resmungão, insatisfeito, mas lutador e resistente. 
Tem sido uma grande viagem.

2º Aos meus amigos, reais e virtuais, que me fazem sorrir todos os dias, só pelo simples facto de existirem. Sem vocês a vida não teria a menor graça.

Obrigada por todos os momentos que vivemos juntos, pelas risadas, e até pelas lágrimas, cada momento partilhado foi especial.

(a ti, que seguiste o teu amor e agora estás no outro lado do Atlântico, continuas a ser a minha melhor amiga)

3º Aos meus inimigos, se os tiver (2 ou 3 sempre se arranjam) que me ensinaram a relativizar, é bom saber que não sou indiferente, que suscito invejas e ódios, com a mesma intensidade que suscito amor e saudade… 
É bom saber que vos marquei sendo quem sou. 
Obrigada por não fazerem falta.

O dia hoje até podia ser perfeito… mas não é… falta-me o sorriso e o beijo do meu pai.

(Parabéns a mim...)

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Na voz de quem sabe...



"O silêncio é a única resposta que devemos dar aos tolos. 
Porque onde a ignorância fala, a inteligência não dá palpites"


                                                                                             (The Book of Italian Wisdom)