quinta-feira, 31 de março de 2016

O moço da Prio


O Bombas é o rapaz que ajuda a abastecer o meu tão prezado veículo sempre que ele grita por combustível. A caminho do trabalho, passo lá todo santo dia, ora que fiquei cliente habitual. Até que o seu funcionário pareceu achar-me uma certa graça e o estabelecimento passou a ser, de repente, terapia emocional, já que sempre que saía de lá trazia um "a cliente mais gira e simpática", um "posso saber o seu nome?" ou um, mais arriscado bem lhe disse, "tem facebook?". Engate dos tempos modernos minha gente, nada a fazer. Ora que me encontrou mesmo e volta e meia lá manda uma mensagem. O problema está quando nós mulheres sabemos que não estamos em sintonia mas, simultaneamente não queremos ser ruins. Ele não é chato, até que sabe conversar mas, opá, não dá para mais. E lá se vai ignorando um "podíamos tomar um café um dia destes". Certo é que não vendo maldade em conversar, lá fui respondendo mas não há nada que eu possa dizer que ele não ache surpreendente. Aaaahhhh "ela tem sentido de humor", aaaaahhhhh "ela ainda goza, que top". Raios! Sou uma pessoa vamos ter calma. Tudo bem que ainda me esteja a conhecer mas desta vez senti-me uma boneca moderna que nos fascina sempre descobrimos uma nova funcionalidade. aaaaaahhhhh "ela fala, diz olá e mexe as pernas". 
É muito lindo, então não é.

quarta-feira, 30 de março de 2016

Ai Camões... não voltes..





Enquanto não existia Facecoiso a nossa ignorância era uma bênção...
Ter noção que existe tão mau escrever é mesmo difícil de digerir...

terça-feira, 29 de março de 2016

Raio de modas


Aviso que posso vir a ofender algumas leitoras, mas deixem-me esclarecer que não é nada pessoal. Nem será bem em tom de crítica, chamo-lhe antes um comentário sincero. E tudo devido às molas de cabelo. É acessório que tem vindo a diversificar...são molas pequenas, grandes ou assim assim; com brilhantes, golfinhos ou elefantes; são molas com pérolas, lantejoulas ou grandes flores; enfim, são molas, muitas, para tudo o que é gosto e feitio mas ainda assim, há quem insista a usar as dos cabeleireiros.  
Ooh mas porquê?! 
Qual o critério de selecção?! E pior do que isso, porque saem de casa com elas? Se é para dias de arrumação geral, pronto vamos lá ao que aparece mais à mão, mas já as vi no supermercado, em festas de aniversário e até na missa. Jesus tremia na cruz, quase que posso jurar. Não façam isso, as molas de cabeleireiro são jeitosas, que são, mas no cabeleireiro. Há tanta boa mola pronta para vos fazer feliz. Usem-nas, façam palmeirinhas ou totós mas, minhas queridas, por favor, não usem as molas de cabeleiro como se de uma tiara se tratasse. 
Pensem nisso, e não precisam de agradecer!

segunda-feira, 28 de março de 2016

Coisas sem sentido...



Alguém avise a equipa de Marketing da Golla que os porta bagagens dos Porsches ficam à frente, sim?
 
Isso aí é o motor, ok?

quinta-feira, 24 de março de 2016

Hoje é quinta feiraaaaaaaaaaaaaaaa

Pois... dizem que sim...
Que a semana é santa, que a Páscoa é época de reflexão,
e que Jesus morreu na cruz...
Dizem também que devemos ir à igreja e rezar...
rezar muitooooooooooo...






 não instigar desejos pecaminosos...
não instigar desejos pecaminosos...
                                            não instigar desejos pecaminosos...


Ok, agora todo mundo ajoelhando e rezando 10 avé Marias e 10 Pai Nossos.

quarta-feira, 23 de março de 2016

Foi uma noite bonita, se nada mais for...

 
 
Fui pelo mesmo motivo que não fui das outras vezes - por mim. 
Por ter vontade de quebrar regras, aquelas que ninguém mais impõe se não eu. 
"Só acontece aquilo que tu quiseres que aconteça" 
lembrei-me, e não me importei por estarmos ali só nós dois. 
Falamos em café mas fizeste-me o chá que te pedi. 
Falamos de tantas vontades mas fizeste-me rir como eu quis. 
Ficamos assim entre o tanto e o tão pouco por dizer, entre o tanto e o tão pouco por fazer, ficamos assim. 
Tão bem. 
Demos o colo que por motivos diferentes ambos precisavam, tentamos chegar à tranquilidade que por razões diversas ambos careciam. 
O tempo deveria ter parado mas em vez disso correu. 
O sofá prendeu-nos de tal maneira que se eu estivesse de fora diria que demorámos uma vida a de lá sair. 
Mas eu estava lá, bem dentro do momento, e tudo pareceu veloz. 
As conversas, o colo, o sofá. O beijo...

- Nunca subestimes o poder do chá de camomila.
Sorriste. 
E disseste ser incapaz de voltar a olhar para ele da mesma maneira.
 
 
[Save the last dance for me]

terça-feira, 22 de março de 2016

Coisas que acontecem cá na terrinha



{não sou eu... não se iludam...looll}

O meu vizinho hoje resolveu bloquear o elevador durante largos minutos, o que me irritou profundamente, fiz questão de lhe mostrar a minha indignação... 
A dada altura diz ele: - estás gira hoje! 
Eu acho que uma mulher irritada é coisa para eles acharem piada. 
Digo eu... Será que a nossa irritação nos torna giras?

segunda-feira, 21 de março de 2016

Fuck you


Toda a gente sabe que existem pessoas que se acham mais do que aquilo que são.
E que achando ou querendo parecer que acham, têm de deitar os outros abaixo para subirem um patamar.
Ora daqui só podem sair dois resultados, os que se deixam abater e caem deprimidos, e os que, como eu, por muitas cobras que lhes atirem são imunes à mordedura.
Percebendo que não vale a pena gastar o nosso latim com pessoas que não vão conseguir atingir o que vamos dizer, e que  nunca serão um terço da pessoa que somos, mais vale ficarmos calados.
E em boa língua portuguesa, o cagar e andar é a melhor coisa a aplicar, até porque eu sempre ouvi dizer que vozes de burro não chegam aos céus.


sexta-feira, 18 de março de 2016

Há uma linha que separa...





"...Os homens, dos meninos. Os bons homens, dos idiotas chapados. Um verdadeiro senhor, de uma coisa abjecta. 
Todas as mulheres sabem com o que contam e sabem também que os homens com quem se cruzam pela vida fora se dividem em vários tipos: 
-Os homens que comem alguma coisa e dizem alto e bom som para todo o mundo ouvir o que comem. 
-Os homens que não comem nada e coitados apregoam aos gritos que também comem. 
-E os que acham que comem alguma coisa mas mal se sentam à mesa.

E depois há os outros...

Que comem que se fartam e se calam bem caladinhos sobre as iguarias e o menu gourmet, e às vezes até se fazem de parvos perante os idiotas inchados e convencidos como se não conhecessem o restaurante e não comessem nadinha...

Gosto tanto desses."

AC

quinta-feira, 17 de março de 2016

Coisas minhas...






As melhores histórias são aquelas que NUNCA contaremos aos nossos filhos...

quarta-feira, 16 de março de 2016

O Lírio está a ficar famosa...


Alguém no Facecoiso anda a falar de mim...
 
Já estou mais famosa que o Bocage.
 
 
 


terça-feira, 15 de março de 2016

Dava-me tanto jeito...


... uma vida de dondoca.

Esta vida de mulher trabalhadora com a mania das independências às vezes não é fácil.
Estraga-me imenso o verniz das unhas. 
É só por isso...

domingo, 13 de março de 2016

Na voz dos outros



"Cuide do seu olhar, não o desvie quando quiser ver, não o feche quando for encarar, não fuja quando quer ficar. Ele é o primeiro contacto, é a janela da alma. Ele pode ser a porta de entrada de todas as chegadas e se tornar o principal abrigo de todas as 
moradas." 


Maíra Cintra