quarta-feira, 25 de setembro de 2013


Perdemos a capacidade de ser autênticos numa sociedade que nos quer estereotipados.
Há sempre alguém em quem nos espelhamos e até em modelos e padrões de comportamento social.
Quer seja na moda, na arte, na religião ou na profissão, é cada vez mais difícil sermos nós próprios.
Afinal quem somos nós neste emaranhado de padrões e modelos.
E porque sentimos tanta necessidade de nos padronizar.
Porque é que hoje somos um padrão e amanhã outro.
Seremos nós a mudar constantemente, ou é a nossa inconsciência que busca a nossa essência.
Porque teimamos em seguir padrões, porque será que queremos estar sempre inseridos em algum modelo social.
Será razoável vestir roupas da moda, ouvir musica que está no top, ou até mesmo escolher uma profissão de topo só para nos sentirmos bem na sociedade.
Acredito que nesta ansia de agradar, perdemo-nos! Afinal é o mundo que tem que se adaptar a nós e não ao contrário.
E se nos despirmos de todo o imediatismo efêmero da matéria, o que sobra de nós?


2 comentários:

  1. olha minha amiga, nao consegui ler o texto....hoje estou assim xoxa murcha mas ADORO este novo look!! beijinhos enormes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tás murcha tás...
      Não voltes cá para ler, não...

      Eliminar

Vá... comenta, não te inibas.