terça-feira, 8 de março de 2016

Dia Internacional da Mulher

Aproveitando este dia apeteceu-me falar um pouco sobre nós... mulheres!
Não!
Não se assustem, que eu não vou revelar-nos, até porque às vezes nem nós próprias nos entendemos...
Choramos facilmente...
Sorrimos com o coração...
E quando por qualquer motivo dizemos "não"... Nem sempre queremos realmente dizer "não".
A maior parte das vezes, apenas queremos que insistam um pouco mais.
Sabemos que uma lágrima e um sorriso têm o mesmo efeito.
Produzem milagres!
Sabemos que comovemos quando choramos, e um belo sorriso desarma qualquer homem!
Temos o privilégio de dar à luz!
Sob dores terríveis, damos ao mundo um novo ser, esquecendo-a logo que vemos o seu rostinho...
Somos corajosas, fortes e ao mesmo tempo muito frágeis, somos capazes de entrar em qualquer luta, sem armas, não precisamos de músculos, porque temos a garra necessária!
O nosso coração fica mesmo ao lado do cérebro!
Quando compramos algo para nós, não é porque sejamos gastadoras compulsivas, mas sim, porque nos falta algo, e fazemos isso para nos consolar, como mulheres, agimos sempre como mães, até para nós mesmas!
Somos o nosso próprio Anjo da Guarda!
Não queremos a igualdade!
Ainda que tenhamos a capacidade de exercer várias profissões, as diferenças são indiscutíveis, sentimos emoções que o sexo oposto jamais poderá sentir.
Temos o prazer e a dor de oferecer a luz do dia a um anjo!...
Existirá algo mais sublime??!
Não!
Jamais haverá igualdade!
Cada um faz a sua parte, nem melhor nem pior... Apenas diferente!
Ambos somos importantes!
Meus senhores, nós não queremos príncipes encantados montados em cavalos brancos, isso nós sabemos que só existem nos contos de fadas.
O que queremos tão simplesmente é sermos amadas!
Será assim tão complicado??
Não nos interessamos por músculos, nem caras bonitas.
Só queremos alguém para amar.
Alguém que nos ame!
O resto, inventamos depois...
Dentro de nós habita uma fada muito romântica, que nem os anos, nem os casamentos, nem os desenganos poderão matar...
Talvez seja essa uma das grandes diferenças entre o homem e a mulher: os duendes morrem mais rápido depois de uma conquista!
Nós mulheres, seremos sempre jovens, idosas, maduras, imaturas, bonitas, feias, meigas, charmosas, vaidosas ou não... Apaixonadas ou à espera de alguém...
Mas sempre irá pulsar no nosso peito um coração de mulher...
Esse tal coração que ninguém entende...
Mas que sabe sempre adivinhar a vida...

1 comentário:

  1. Mulher é fácil entender.... é só adquirir o manual de instruções...!!

    ResponderEliminar

Vá... comenta, não te inibas.