sexta-feira, 2 de agosto de 2013


E hoje é isto...
Um aperto inexplicável cá dentro, daqueles que não deixa o ar entrar nos pulmões, Chegou desapercebido... sem motivo aparente, sem razão especial, apenas está cá.
E fico assim sentada, à espera que passe...


9 comentários:

  1. Oh minha flor...

    boa sexta, já nem sei que te diga...

    ResponderEliminar
  2. Olá Lírio,
    Não vou dizer nada, não sei o que se passa nem como te posso ajudar.
    Não queria que tivesses assim mas pouco posso fazer.

    Deixo-te um beijinho e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  3. Há momentos assim, espero que já estejas mais animadita. ;)

    Um beijinho grande

    ResponderEliminar
  4. Há dias assim...mas vai passar...amanhã de novo o sol!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  5. Lirio força tu consegues, a unica coisa que não nos podes fazer é nos deixar sem os teus têxtos, admiro a tua escrita por isso não deixes de escrever..
    beijinho

    ResponderEliminar
  6. Eu ausento-me e encontro-te assim?!? Anima-te miúda ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Lirio, força, não te deixes ir abaixo!! Não sei o que se passa, mas seja o que for é preciso erguer a cabeça . Não deixes de escrever.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. O tempo não é nosso amigo nestes momentos. Infelizmente sei o que custa essa dor e pedir que o nosso cérebro pare um pouco de pensar sempre no mesmo e continuar a viver. Deixar que as lágrimas deixem de cair é muito difícil e demora.
    Quando passei uma fase muito má em que pedia para desaparecer devido à ausência dele, comecei a rezar dia e noite, já que não conseguia fazer nada, nem dormir.
    Custa tanto, mas tanto que temos que nos apoiar em nós, amigos que se preocupam connosco.
    Um beijo grande daqui até aí e um abraço apertadinho com carinho e amor. :)

    ResponderEliminar

Vá... comenta, não te inibas.