quarta-feira, 28 de agosto de 2013


Quando eu era miúda e desejava muito ter uma coisa, fosse brinquedo ou algo mais, o meu pai dizia-me para fechar os olhos com "força" e pensar no que queria que se realizaria.
Quando eu era miúda a táctica funcionava sempre, porque ele estava lá para realizar os meus desejos e sonhos...
Mas um dia ele partiu, e levou com ele toda a magia da minha infância.
E foi assim que perdi a vontade de idealizar. 
Mas...
Esta noite ele obrigou-me a voltar a sonhar, senti-o bem perto de mim, senti os seus braços a apertarem-me contra ele como sempre fazia quando chegava a casa ao fim do dia.
Foi um abraço tão forte quanto a saudade que sinto.
E chorei...
 Os cristais salgados  escorreriam quentes e soltos pela minha face e  molhavam a camisa branca imaculada... 
Tenho a certeza que ouvi a sua voz grave dizer-me:
"Fecha os olhos com força princesa"
E acordei...
Sabes pai, a idade não nos tira só a capacidade para sonhar, com o passar do tempo perdemos também a força nas pálperas.
Sinto tanto a tua falta que até dói, hoje acordaste a saudade...

11 comentários:

  1. Entendo-te tão bem Lírio.
    Sabes, há uns tempos atrás, sonhei com o meu pai e, ouvi-o com a exacta voz dele. Tinha a ideia de ter escrito sobre isso, mas não encontro o post (se é que o escrevi...). Foi como se ele estivesse ali ao meu lado, vivo. E isso tem um preço incalculável.
    Faz-nos tanta falta... Saudade, sempre.

    Um beijinho e um abracinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada... para ti também beijinhos e abracinhos :)

      Eliminar
  2. Boas lembranças!!!...e que te deem capacidade para voltares a fechar os olhos com força :)

    ResponderEliminar
  3. Lirio., muita força não te deixes ir abaixo, onde ele estiver, lembra te que está olhar por ti...

    beijinho

    ResponderEliminar
  4. Tão vivo dentro de ti...o teu pai não chegou verdeiramente a partir...mas sim a saudade cai por vezes irremediavelmente sobre nós...força querida amiga...Beijinhos muito grandes e abraço forte!
    Maria

    ResponderEliminar
  5. Só hoje reparei porque não recebia atualizações não te estava a seguir...como era seguidora no que tinhas antes pensei que continuava por aqui..mas já reparei o erro!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  6. fecha os olhos com força e lembra-te do kt ele te amava

    ResponderEliminar
  7. Olá Lírio,
    Sabes como me sinto quando leio um texto em que falas do teu querido pai e sinto que ele está sempre presente apesar da distância.
    Eu gostava de sonhar e de ter essa relação com o meu mas nunca será possível, mas muitas vezes sonho e sinto a minha querida avó e as boas recordações são tão presentes que sou obrigado a sorrir.

    Parabéns pelo belíssimo texto.

    beijinhos e bom fim-de-semana

    PS: O teu querido pai estará sempre presente na tua vida e estará sempre orgulho de ti, da sua princesa, :)

    ResponderEliminar

Vá... comenta, não te inibas.