quarta-feira, 1 de julho de 2015

Acredita...



Não foste tu que mudaste... 
O que mudou foi aquilo que eu pensava de ti 

1 comentário:

Vá... comenta, não te inibas.