terça-feira, 17 de maio de 2016

Amizades

 
Não posso dizer que me lembro exactamente do momento em que as conheci, mas sei perfeitamente em que contexto. E já lá vão cerca de 9 anos. Fases em que éramos muito próximas,  outras em que não nos víamos uns bons meses. Estranho não é?! Circunstâncias da vida, nunca por chatices. 
Ontem quebramos um desses desencontros vergonhosamente longos, e aproveitamos o fim do dia. Não demos conta das horas passar, tão típico nosso, e é por isso que gosto tanto delas.
Sempre nos entendemos muito bem. Imensos pontos de vista em comum, falamos de tudo de uma maneira tão fácil e o silêncio nunca é uma opção. 
É destas pessoas que valem a pena conhecer. Conversa puxa conversa e é como se ainda ontem nos tivéssemos visto. 23h00 - deixei-as em casa...

- ...o meu tempo é, de certeza, mais flexível que o teu, por isso marca isto mais vezes!

Sorri, como quem diz que sim.

- a sério, convidem-me! Convidem-me que eu vou!

E aí não contive a gargalhada. E só o jeito com que ela o disse o justifica.

***
Já vos disse o quanto gosto da Primavera?!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Vá... comenta, não te inibas.