segunda-feira, 29 de maio de 2017

Faz hoje 17 anos que me "abandonaste"...





Deixa-me fechar os olhos e imaginar-te...
Deixa-me sorrir para ti e dar-te miminhos.
Deixa-me abraçar-te e sentir o teu sorriso e o teu abraço.
Deixa-me contar-te as tantas novidades que a vida me vai proporcionando.
Deixa-me descobrir ao teu lado tudo o que nós dois não tivemos tempo de descobrir.
Tenho saudades tuas, sabias?
O tempo passa mas é em vão...
Não consigo evitar a saudade nem tão pouco vencê-la.
Aliás já desisti de travar lutas vãs e escusas.
Resta-me mergulhar nos sentimentos e tentar uma aproximação deste Sentir de Alma que me invade, e me toma e que faz meu coração explodir em forma Palavras, que saudosas fluem pela mão.
Queria tanto que estivesses aqui!!!
Sinto a tua falta...
Queria poder olhar-te nos olhos, afagar o teu rosto envelhecido
e poder dizer-te sorridente

Olá Pai!

10 comentários:

  1. O meu já me abandonou à mais tempo.
    São perdas insubstituíveis. Embora tenha tido uma grande mãe que soube vestir as calças sem tirar as saias.
    É com tristeza que te leio Queen.
    Mas o teu pai esteja onde estiver está orgulho desta bela mulher que te tornaste.

    BEIJITO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São perdas dolorosas, principalmente quando somos jovens.
      Obrigada e kiss

      Eliminar
  2. Enternecedor e comovente.
    beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Abreijo apertadinho minha flor!

    Suri

    ResponderEliminar
  4. Ele não te abandonou, está lá em cima, no Céu, a cuidar por ti...

    (Foda-se Isa, conseguiste soltar-me uma lágrima)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei o que tu sentes... :) estamos em sintonia na dor. beijinhos Jorge

      Eliminar

Vá... comenta, não te inibas.