segunda-feira, 10 de março de 2014



A confiança é um elemento base de qualquer relação.
Quer de amizade, quer de amor, quer de teor sexual, quer laboral.
Quando é quebrada, a relação ressente-se.
Hoje, num espaço de tempo tão pequeno quebraram-se confianças. E no que parecia já fluir naturalmente criou-se uma barreira de distância. Daquelas feitas de gelo...
Hoje só me apetece que as pessoas cresçam, deixem de ser parvas, idiotas, egoístas e mesquinhas, e voltem a ser o que eu pensava que eram.
Tenho saudades delas assim...


2 comentários:

  1. Sabes que hoje estou tal e qual assim???
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  2. Ando com este pensamento há uma semana depois de dois anos intensos... Não conseguiria descrever tão bem.
    Mais uma vez partilhado.
    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar

Vá... comenta, não te inibas.