segunda-feira, 30 de março de 2015

Dinheiro não compra classe!



Cada vez mais me convenço que a classe é algo que nasce com as pessoas.
É de berço.
Há quem a compre, a imite, ou até a estude... mas lá no fundo, ela jamais existirá.
Não é um colar de pérolas, ou uma gravata italiana que "dá classe".
Ela não se compõe, não se troca por dinheiro, nem se estuda..
Existe...
E existe sempre talhada na forma de simplicidade e humildade.
A educação depois faz o resto.
Quem a tem não fala dela não a força nem tenta convencer, porque ela está lá...

Basta senti-la.

4 comentários:

  1. Marco Aurélio - Brasil30 de março de 2015 às 10:55

    Ter classe é ser mais e mostrar menos. É ser agradável sem cair no esnobismo. É ser suave e bondosa. É saber sair-se de situações constrangedoras com fidalguia. É saber escutar sem invadir. É saber de tudo e não comentar nada.
    E tua primeira frase, na verdade, diz tudo....
    É algo que vem do berço.... de Origem.
    NÃO SE COMPRA...

    ResponderEliminar
  2. Eu diria mais...o dinheiro só compra o acessório. E essencial não está à venda.

    Bom dia minha Flor:)

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente. Eu chamo-lhe pedigree porque é quase como se fosse uma "raça". É algo que é inculdado ao longo da educação que se recebe, da origem que se tem. Conheço 2 casos de pessoas muito especiais que se elevaram acima das suas origens, mas esses casos são rarissímos. Até porque para esse processo de crescimento acontecer a pessoa tem que ser extremamente humilde e reconhecer que nasce em condições menos boa. A maioria das pessoas não tem capacidade de encaixe para reconhecer isso.

    ResponderEliminar

Vá... comenta, não te inibas.