quarta-feira, 4 de março de 2015

Idade madura



"Dizem que, a uma certa idade, nós as mulheres nos tornamos invisíveis.
Que nossa actuação na cena da vida diminui e que nos tornamos inexistentes para um mundo onde só cabe o impulso dos anos jovens.
Eu não sei se me tornei invisível para o mundo, mas pode ser que sim.
Porém nunca fui tão consciente da minha existência como agora, nunca me senti tão protagonista da minha vida, e nunca desfrutei tanto cada momento da minha existência.
Descobri que não sou uma princesa de contos de fadas; descobri o ser humano sensível que sou e também muito forte.
Com suas misérias e suas grandezas.
Descobri que posso me permitir o luxo de não ser perfeita, de estar cheia de defeitos, de ter fraquezas, de me enganar, de fazer coisas indevidas e de não corresponder às expectativas dos outros.
E apesar disso…
Gostar de mim
Quando me olho no espelho e procuro quem fui… sorrio àquela que sou…
Alegro-me do caminho andado, assumo minhas contradições.
Sinto que devo saudar a jovem que fui com carinho, mas deixá-la de lado porque agora só me atrapalha.
O seu mundo de ilusões e fantasias, já não me interessa.
É bom viver sem ter tantas obrigações.
Que bom não sentir um desassossego permanente causado por correr atrás de tantos sonhos.
“A vida é tão curta e a tarefa de vivê-la é tão difícil
que quando começamos a aprendê-la, já é hora de partir "



Blandinne Faustine

8 comentários:

  1. Obrigada Blandinne:))) É por estas todas que não troco os meus 45, por nenhuns 20's:))))

    Booooooooooooommmmm dia minha Florrr chegou o sol cá em cima!!!!!! Est´´a um dia Liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinnnnnnnnnnnnnnnndo ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... roubaste-me o Sol... oh Suri... isso faz-se????

      Beijosssssssssssss

      Eliminar
  2. Magnífico texto...obrigada!
    beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lindo mesmo, pena não saber nada sobre a autora... é um mistério...
      Beijinhos Maria

      Eliminar
  3. Que belo texto ... tal e qual. É por estas e por outras que quando chego a mais um dia de aniversário passo-o a sorrir. :)

    Continuação de Boa semana Lirio.

    Beijiiinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E fazes tu muito bem, a vida é para ser comemorada :)
      Beijinhos Sorriso.

      Eliminar
  4. A idade madura é aquela, instantes antes de começar a apodrecer???
    (Alguém sabe quem foi Blandinne Faustine?)

    Hoje deixo-lhe um link:
    Amanheci...http://nadirzenite.blogspot.pt/2008/03/amanheci.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não faço a mínima ideia de quem seja a autora, fartei-me de pesquisar e nada... sabe quem é Inséte??

      Adorei o link ;)) Lindo...

      Eliminar

Vá... comenta, não te inibas.