segunda-feira, 23 de março de 2015

E a página continua em branco.






Os dedos descansam em cima das teclas à espera que o cérebro dite as palavras.

São verdadeiras marionetas da nossa mente.

Os dedos escrevem tudo o que lhes ditamos. 
Verdades e mentiras conseguem esconder o que os olhos revelam.
Hoje seria um bom dia para escrever a verdade mas há verdades que não valem a pena o esforço sobrecarregado nos dedos e nas teclas…nem gastar letras ou palavras que podem servir para outros momentos.
Hoje era um bom dia para escrever o que vai cá dentro…mas como em todos os outros textos que constroem este blog há já nove anos…as palavras ficam sempre aquém de tudo o que tenho cá dentro.


[faz hoje nove anos que o Lírio nasceu]

10 comentários:

  1. escreve o que te apetece!
    no meu caso "Os dedos escrevem tudo o que lhes ditamos" nem confere, que às vezes troco o "o" por "a" e por aí...
    mas (acho que te) percebi.

    ResponderEliminar
  2. 9?!?!??! Porra minha Flor...é muito ano!!!! Não admira que às vezes sintas os dedos cansados...mas olha, parabéns:) descansa...mas não desistas, porque continuas a valer muito a pena ser lida:)

    jinhooooooosssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada minha Suri :)
      São efectivamente muitos anos, estou velha e cansada...

      Eliminar
  3. 9 anos?! Parabéns!!! Sim senhora, não admira que tenhas as pontas dos dedos achatadas ;)))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes o que tenho achatado?? ok... não digo que o meu tasco é uma casa de família... :P

      Eliminar
  4. Que esses dedos continuem a debitar o estados de alma, seja nas linhas ou entrelinhas ;)
    Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais nas linhas que nas entrelinhas...
      Obrigada... :)

      Eliminar
  5. Parabéns princesa, pelos escritos que nos ofereces, mas principalmente pela pessoa linda que és. Sorrir contigo é fácil. Beijos »«

    A.C.

    ResponderEliminar

Vá... comenta, não te inibas.