sexta-feira, 29 de maio de 2015

Preocupação genuína


Várias chamadas não atendidas, mensagens, pessoas à minha procura.
A conversa é sempre muito parecida: 
"Onde andas?" "O que se passa contigo?" "Ó desaparecida!" "Está tudo bem?!", entre outras coisas deste género.
E eu?...

Eu fico em silêncio, não sei bem o que dizer... Até porque eu faço as mesmas perguntas a mim mesma!

3 comentários:

  1. Andas desencontrada, flor? Perdeste o sul? Que se passa, para além do óbvio?

    ResponderEliminar
  2. Respostas literais por vezes são as melhores, muitas vezes chamam-me de parvo ou estúpido a seguir mas dá-me certo gozo. ;)

    ResponderEliminar
  3. Também estou a passar pela fase do isolamento...e não estou a desgostar desta solidão!
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Vá... comenta, não te inibas.